jusbrasil.com.br
27 de Setembro de 2021

Antes de se aposentar, você precisa saber 3 requisitos

Priscylla Souza, Estudante de Direito
Publicado por Priscylla Souza
há 4 meses

3 requisitos fundamentais antes de aposentar: planejamento, conhecimento sobre seu direito e organização.

Para auxiliar, o artigo dispõe de 7 perguntas pontuais.

Esse artigo é para você que pretende se aposentar em breve, ou mesmo daqui alguns anos, o ideal é realizar alguns passos que permitem evitar a demora na sua aposentadoria.

Ah e você que ainda falta um longo caminho a ser percorrido, fica a dica pra um bom planejamento previdenciário.

Espero que goste da leitura e que de alguma forma eu possa contribuir para sua organização, quanto a aposentadoria.

________________________________

Planejamento

É isso mesmo, caros leitores!

Planejamento é o primeiro passo antes de se aposentar.

1 - O que é planejamento?

Segundo Maximiano (2004, p. 131) “[...] Planejamento é o processo de tomar decisões sobre o futuro. As decisões que procuram, de alguma forma, influenciar o futuro, ou que serão colocadas em prática no futuro, são decisões de planejamento. [...]”

2 - O que podemos associar com o planejamento previdenciário?

Planejamento previdenciário é uma estratégia de análise das informações do contribuinte com o objetivo de determinar o melhor momento para solicitar a concessão de aposentadoria, ou seja, é uma análise muito complexa e minuciosa.

Dito isso, se o trabalhador não conhece as etapas para conseguir a aposentadoria, ele pode agir de forma incorreta e ter seu pedido negado.

Por isso, é de suma importância um profissional especializado na área para conseguir auxiliar da melhor forma possível, com as melhores ferramentas, visando o benefício mais apropriado para seu cliente.

________________________________

Conheça seu direito

Sem conhecer os direitos previdenciários, e principalmente a modalidade que encaixa no seu caso, você pode sofrer com demoras no processo, com investimentos desnecessários e até com um valor injusto de benefício, até mesmo a negativa do INSS.

Isso porque você pode acabar pedindo a sua aposentadoria antes de completar os requisitos.

3 - O que fazer se o benefício for negado?

Na prática, isso gera uma demora desnecessária, porque o pedido precisa ser refeito do zero.

Além disso, você também pode acabar demorando mais para pedir o benefício, ou seja, mais demora desnecessária.

4 - Você já sabe qual modalidade se encaixa no seu caso?

As regras variam de acordo com o tipo de profissão e contribuição feitas à previdência, ou seja, cada caso é um caso!

É isso mesmo, a modalidade cabível para sua situação, vai depender de qual maneira é feita as suas contribuições; qual o período das contribuições; dos valores contribuídos; se faz tempo que não contribui; se continua contribuindo; se trabalhou em regime especial; se é professor; se é funcionário público; se é MEI; se é contribuinte individual; enfim; vai depender de cada situação.

Por isso, enfatizo a importância de um profissional da área.

Lembrando que cada motivo relevante citado acima, pode impactar diretamente na demora do seu processo previdenciário.

Abaixo demonstra-se alguns exemplos de regras que você pode ter direito:

  • Aposentadoria Especial por insalubridade ou periculosidade;
  • Especial com atividade com natureza policial;
  • Servidor Público comum, especial ou com integralidade no RPPS;
  • Servidor Público comum ou especial no INSS;
  • A especial de professores no serviço público;
  • de professores especial no ensino privado;
  • Aposentadoria Especial da Pessoa com Deficiência;
  • Rural ou Pesca em regime familiar (segurado especial);
  • Por invalidez.

________________________________

Organização

Após entender as regras que podem trazer o melhor benefício para sua situação, você precisará organizar e reunir os documentos necessários para comprovar o tempo de contribuição.

5 - Você sabe quais são os documentos necessários?

  • A Carteira de Trabalho (CTPS);
  • O LTCAT, documento essencial para a Aposentadoria Especial;
  • O CNIS;
  • Para o servidor que precisar averbar o tempo de contribuição de diferentes regimes, a CTC;
  • Na falta dos documentos básicos, documentos alternativos como: reclamatória trabalhista, contrato de trabalho, guias de pagamento à previdência social, etc;
  • Documentos que comprovem que trabalhou em regime rural familiar;
  • Laudos médicos para casos de aposentadoria por invalidez ou de PCD.

Atenção: não esqueça de guardar e atualizar todos os documentos que você recolheu durante todo o tempo de contribuição. Ou seja, além de coletar todos os documentos comprobatórios necessários, é importante também mantê-los atualizados.

Pensa só, se falta um desses documentos?

É melhor se organizar com antecedência, não?!

6 - Você sabe como proceder se o CNIS constar informações divergentes da CTPS ou até mesmo faltar alguma contribuição?

  • Faça um agendamento no INSS pelo site: https://meu.inss.gov.br/central/#/login
  • Peça a revisão do CNIS;
  • Leve até a agência algo que comprove o tempo de trabalho que não está registrado no documento, ou verifica se no site consegue fazer (por conta da pandemia alguns atendimentos estão suspensos);

7 - Se perdeu a Carteira de Trabalho (CTPS), o que fazer para comprovar?

Não se desespere!

Abaixo segue o link do Governo, para você ter acesso a Carteira Digital.

https://www.gov.br/pt-br/servicos/obteracarteira-de-trabalho

Lembrando que, essa comprovação pode ser feita através da carteira de trabalho e de contracheques, bem como por documentos alternativos.

______________________________

Espero que eu tenha colaborado!

Quer contribuir com alguma opinião ou sugestão?

Deixe aqui nos comentários!

Obrigada pela leitura e até a próxima!

Fique à vontade para me seguir nas redes sociais:

9 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Parabéns doutora, excelente artigo. continuar lendo

Lucia, bom dia.

Muito obrigada per comentar no artigo.
Fico muito feliz em saber que tenha gostado.

Tenha um ótimo fim de semana.

Abraço. continuar lendo

Doutora boa noite! Tenho um irmão de 56 anos e 6 meses e, daqui há três meses, completará 35 anos de contribuição.
Com as novas regras, existem novas exigências para aposentar. Ele vai conseguir aposentar, quando completar 35 anos de contribuição. Existe também, a questão dos pontos.
No aguardo.

Cordialmente

Miguel Marinho de Souza
(31) 98857-5168 continuar lendo

Miguel, bom dia.

Para saber se seu irmão irá conseguir aposentar, é necessário fazer uma análise no CNIS, juntamente com a carteira de trabalho dele, será verificado se constam todos os registros no CNIS e será feita uma análise profunda de qual modalidade seu irmão se enquadra.

Aconselho entrar em contato com um Advogado na sua cidade especialista na área previdenciária para fazer essa análise profunda no caso do seu irmão.

Tenha um ótimo fim de semana.

Abraço. continuar lendo

A informação de conseguir a CTPS caso tenha perdido a sua, como funciona? Entrei no site e me parece que a emissão de nova carteira não vem com os dados de trabalho da carteira anterior. continuar lendo

Gostei muito das informações lhe agradeço breve entrarei em contato novamente com a nobre advogada.. continuar lendo

Raimundo, boa noite.

Fiquei muito feliz em saber que gostou do artigo.
Obrigada pela atenção.
Estarei a disposição para auxiliá-lo.

Abraço. continuar lendo